“Uma Quase Dupla”, com Tatá Werneck e Cauã Reymond, estreia nesta quinta

uma quase duplaA comédia Uma Quase Dupla, estrelada por Tatá Werneck e Cauã Reymond, estreia dia 19 de julho. Produzido pela Biônica Filmes e Paris Entretenimento e dirigido por Marcus Baldini, diretor dos sucessos de público Bruna Surfistinha e Os Homens São de Marte… E é Pra Lá Que Eu Vou, o filme tem roteiro assinado por Ana Reber e Leandro Muniz, com colaboração de Tatá Werneck, Fernando Fraiha e Daniel Furlan.

No longa, Tatá Werneck e Cauã Reymond vivem Keyla e Claudio, dois policias que não têm nada em comum, mas precisam unir forças para desvendar uma série de assassinatos na cidade fictícia de Joinlandia, no interior do país. Claudio é um subdelegado acostumado à vida pacata e que passa mal nas cenas dos crimes. Já a experiente investigadora Keyla, enviada do Rio de Janeiro, não tem medo de nada e acha que é capaz de resolver o mistério sozinha.

“Sempre quis trabalhar com o Cauã. Adorei vê-lo em cena e descobri a alegria que é estar com ele fora de cena também. Foi maravilhoso vê-lo brilhante fazendo comédia, um lugar onde não estamos acostumados a vê-lo. Aprendi muito com ele “, conta Tatá.

“Há muito tempo tinha o desejo de me desafiar e me exercitar em um gênero que não domino, por isso este encontro não poderia ter sido mais feliz. Tatá é rápida, tem um tempo de comédia impressionante, é uma mestra do ofício. Acho que o público vai se divertir nos cinemas tanto quanto eu tenho me divertido nas filmagens”, acredita Cauã.

“O encontro de dois atores diferentes e talentosos é uma força desse projeto. Acredito que isso deu um charme especial ao filme, junto com a linguagem que brinca com os clichês de filmes de investigação e suspense”, conta o diretor Marcus Baldini.

As filmagens de A Dupla foram realizadas no Estado do Rio de Janeiro durante quatro semanas, com locações em Vassouras e Barra do Piraí. “Estamos muito felizes com o resultado do filme. Tatá e Cauã foram ótimos”, afirma Bianca Villar, responsável pela Biônica Filmes, que assina a produção de longas como TOC – Transtornada, Obsessiva, CompulsivaReza a Lenda e Os Homens São de Marte…E é Pra Lá Que Eu Vou.

No elenco, estão ainda Louise Cardoso, como Marlize, a mãe-coruja de Claudio. Ary França vive o delegado fanfarrão Moacyr, Alejandro Cleveaux é o legista Augusto e Daniel Furlan (La Vingança) interpreta o playboy Dado. O longa conta também com as participações especiais de Augusto Madeira, George Sauma e Luciana Paes.

Sinopse:

Keyla (Tatá Werneck) e Claudio (Cauã Reymond) são dois policiais que não têm nada em comum, mas se veem obrigados a trabalhar juntos na pacata cidade de Joinlandia. Ela é uma investigadora competente que acha que pode resolver tudo sozinha. Ele é um subdelegado boa praça e nada eficiente. Os dois vão formar uma dupla improvável e juntos, tentar capturar um habilidoso assassino em série.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *